MENU TOPO

Artigos e Opiniões -

ORIGEM

Excelente casta portuguesa tinta, assim designada no Alentejo. Na região do Douro chama-se Tinta Roriz e na Espanha é conhecida por vários nomes conforme a região: Tempranillo, na Ribera del Duero, Tinto Fino na Rioja, Cencibel em La Mancha, Tinto del Pais na Catalunia.

REGIÕES DE PRODUÇÃO

Portugal, Alentejo.
Está presente em quase todos os vinhos do Alentejo, mas normalmente não aparece como varietal, combinando-se com outras castas portuguesas, como a Trincadeira e a Touriga nacional.

CARACTERÍSTICAS DOS VINHOS

Apesar de tradicionalmente não ser utilizada na forma varietal, hoje a Aragonez (no Alentejo) e a Tinta Roriz (no Douro), estão sendo elaboradas em "solo". Os varietais de Aragonês são vinhos com intensa coloração rubi-violáceo, que evolui com os anos para o rubi acastanhado; tem bom corpo, acidez equilibrada, aromas de frutas vermelhas com toques de caramelo, que evoluem para frutas secas e tabaco. Nenhum amargor, e final de boca muito agradável. Uma excelente uva.

HARMONIZAÇÃO

Carnes leves, cogumelos, sopas, sanduiches bem elaborados ganham novos aromas e sabores quando acompanhados de aragonês. Excelente com brie, camembert e mesmo fondue de queijo. Na cozinha portuguesa, bacalhau ao forno, com azeite, cebolas e batatas (adicionar tomates vermelhos inteiros).

© 1997-2017 Academia do Vinho
Aprecie o vinho com moderação
Nenhuma reprodução, publicação ou impressão de textos ou imagens deste site está autorizada