MENU TOPO

Artigos e Opiniões -

ORIGEM

uva tinta portuguesa, da região de Setúbal, onde foi muito comercializada por José Maria da Fonseca (na Cova da Periquita) e tornou-se conhecida por esse nome. Seu nome verdadeiro é Castelão Francês, hoje re-nomeada Castelão Franco. Dá bons vinhos varietais, de médio corpo, cor rubi e sabor lembrando amoras, framboesas e cerejas.

REGIÕES DE PRODUÇÃO

o mais famoso vinho de Portugal (fora o Porto) é hoje o Periquita; entretanto os seus produtores não querem que a uva mude de nome -- continuando castelão francês ou franco -- senão perdem a marca. Fora de Portugal já existem espanhóis Periquita. O vinho Periquita pode ter além da Periquita (castelão francês), Tinta amarela e Aragonês, a partir de 2002.

CARACTERÍSTICAS DOS VINHOS

trata-se de vinho simples e honesto, saboroso, jovem e de médio corpo, de cor rubi vivo. Aromas de frutas vermelhas (cereja em destaque), e toques de canela e baunilha; na boca é leve e agradável, deixando sabores iguais ao dos aromas.

HARMONIZAÇÃO

sendo um vinho leve vai muito bem com aves e assados de carne suína (pernil e lombinho). Tortas salgadas, de queijo, frango com catupiry, bacalhau ou palmito vão bem com Periquita. Uma de prato brasileiro simples, o escondidinho de carne seca e mandioca, é uma ótima combinaçao (muito melhor com vinho que cerveja).

© 1997-2017 Academia do Vinho
Aprecie o vinho com moderação
Nenhuma reprodução, publicação ou impressão de textos ou imagens deste site está autorizada